Thiago M. Santos

Professor da Disciplina de Emergências da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp.
Possui residência em Clínica Médica e especialização em Medicina Intensiva pela AMIB.
No doutorado, estudou o impacto da Ultrassonografia Point of Care (PoCUS) na avaliação inicial de pacientes sépticos.
Coordenador da UTI de Emergências do HC-Unicamp, vice-coordenador da Comissão de Residência da FCM– Unicamp.
Tem experiência em Medicina Intensiva e Emergência, onde desenvolve vários projetos relacionados ao emprego da PoCUS em pacientes críticos e na educação médica.

Thiago M. Santos

Professor da Disciplina de Emergências da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp.Possui residência em Clínica Médica e especialização em Medicina Intensiva pela AMIB.No doutorado, estudou o impacto da Ultrassonografia Point of Care (PoCUS) na avaliação inicial de pacientes sépticos.Coordenador da UTI de Emergências do HC-Unicamp, vice-coordenador da Comissão de Residência da FCM– Unicamp.Tem experiência em Medicina Intensiva e Emergência, onde desenvolve vários projetos relacionados ao emprego da PoCUS em pacientes críticos e na educação

Leia mais

Realização:

Organização: